A última sexta-feira (12) foi marcada por um ataque cibernético global. Na ocasião, 200 países, incluindo Angola, foram afetados com o ransonware WannaCry. Após a ampla contaminação, que chegou a paralisar inúmeros órgãos do governo e empresas, como o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, a Telefônica, milhões de pessoas se sentiram ameaçadas. Diante de toda a repercussão, a Microsoft disponibilizou uma atualização de urgência para os computadores que rodam o Windows.

E por se tratar de um ataque cibernetico espalhado pela rede “Mãe”, Angola não ficou de fora do ataque, embora ainda desconhecemos quais instituições e computadores privados foram afectados.

Acompanha abaixo o mapa evidenciando o ataque por Angola…