Cart

Your Cart is currently empty.

Fill Cart with Goods

A Internet das Coisas: As Vulnerabilidades São Quase Impossíveis de serem Sondadas

As vulnerabilidades da Internet de Coisas já estão causando um pesadelo de segurança e, com o crescente número de vulnerabilidades nesses dispositivos, todos deveríamos planear maneiras de mitigar esses riscos.

Conectando todas as coisas cibernéticas em uma grande máquina global está trazendo benefícios incríveis e potencial ilimitado. Mas quanto mais esses dispositivos se conectam à rede, maiores os riscos. A prova lógica de vulnerabilidades crescentes é fácil. Todo dispositivo criado por seres humanos possui vulnerabilidades em Hardware e Software.

Contar vulnerabilidades na rede hoje é um desafio impossível, mas tome esse número incompreensivelmente grande e multiplique-o até 20 e você terá o número de vulnerabilidades esperadas na próxima Internet das coisas.

Entre as vulnerabilidades já comprovadas em dispositivos IoT, a capacidade dos botnets é comprometer um grande número de dispositivos e depois usá-los para ataques de negação de serviços distribuídos (DDoS – Denial of Services), como os ataques de botnet Mirai contra o Sistema de Nome de Domínio Din (DNS) de 2016. Este ataque alavancou os dispositivos domésticos IoT vulneráveis como câmeras de segurança e monitores para bebês.

A evidência das vulnerabilidades existentes é generalizada. Eles incluem televisores vulneráveis, monitores de bebê, carros, termostatos inteligentes, frigoríficos e brinquedos.

O que você pode fazer? O IoT está chegando, e seus benefícios até agora superam as vulnerabilidades. Recomendo proceder com cautela. Algumas acções recomendadas:

  • Certifique-se de que apenas compre dispositivos de marcas respeitáveis ​​e amplamente reconhecidas. Uma marca amplamente reconhecida deve entender que eles têm muito a perder ao vender produtos defeituosos e isso, em si, pode reduzir alguns riscos (não coloque muita participação nessa afirmação, é apenas um primeiro passo);
  • Certifique-se de alterar a palavra-passe padrão em todos os dispositivos que você possui;
  • Investigue um dispositivo de defesa da rede doméstica (considere Norton Core, CUJO, BitDefender);
  • Pense de forma abrangente sobre todas as suas TI;
  • Racionalize o seu dinheiro. Não compre coisas, a menos que você tenha feito a devida diligência e acredite que pode mitigar os riscos que acompanham a sua conectividade.

Também é extremamente importante continuar acompanhando o nosso portal onde actualizamos sempre dicas sobre Segurança Informática.

Siga-me no Twitter para obter atualizações sobre a Internet das Coisas, Vulnerabilidades e muito mais em @hervve.

Comments